Câncer colorretal: existe prevenção!

O que é o câncer colorretal? É o tipo de câncer que pode afetar o intestino grosso, o reto ou o ânus. Atualmente de acordo com dados do INCA (Instituto Nacional do Câncer) é o terceiro câncer que mais afeta os brasileiros, ficando atrás apenas de próstata e pulmão nos homens, e mama e colo do útero nas mulheres. Anualmente são cerca de 17.000 novos casos em todo o país. Muitos desses poderiam ser evitados ou detectados mais precocemente com os cuidados adequados.

A grande maioria dos tumores colorretais se desenvolve a partir de lesões pré-cancerígenas conhecidas como pólipos. Os pólipos são formados por crescimento anormal de células da camada mais interna do intestino, a chamada mucosa. Geralmente surgem a partir dos 50 anos na população em geral. Porém pessoas com histórico familiar podem desenvolver em idade mais precoce. Inclusive existem síndromes genéticas que se caracterizam por múltiplos pólipos que surgem já a partir da infância, com alto risco para transformação maligna na juventude. Esses pacientes e seus familiares necessitam de acompanhamento especializado intensivo.

Ao longo dos anos esses pólipos podem crescer e sofrer degeneração, dando origem ao câncer colorretal.

Conhecendo todo esse processo progressivo, foram desenvolvidos protocolos e métodos eficazes de prevenção.

Para a população em geral é orientado realizar uma colonoscopia a partir dos 50 anos. Com esse exame é possível detectar tumores precoces e retirar pólipos iniciais evitando assim a progressão natural para câncer. Existem casos específicos que demandam cuidados diferenciados. Portanto é sempre importante realizar uma consulta com seu médico especialista de confiança. Só ele pode te orientar como evitar esse câncer cada vez mais incidente nos brasileiros.

Além da colonoscopia, podemos prevenir essa neoplasia com mudanças no estilo de vida, evitando os fatores de risco conhecidos como: evitar álcool e cigarro, praticar atividade física regularmente, evitar a obesidade, manter uma dieta rica em fibras, evitar carne vermelha e gordura em excesso. Todos esses fatores estão associados ao desenvolvimento do Câncer colorretal.

Infelizmente no Brasil a divulgação desse tipo de prevenção ainda fica aquém do esperado. Porém as sociedades médicas, em especial a Sociedade Brasileira de Coloproctologia tem feito um trabalho especial no sentido de informar a população. O site http://portaldacoloproctologia.com.br/ foi desenvolvido para ser uma fonte confiável de informação, escrita e supervisionada por especialistas, com uma linguagem simples e acessível.

A mensagem que queremos deixar hoje é que assim como o câncer de colo de útero, mama e próstata (já bastante conhecidos do público), o câncer colorretal também é passível de prevenção.

Divulgue essas informações aos seus familiares e amigos. Só assim conseguiremos ajudar o maior número possível de pessoas.

Previna-se! Procure um especialista.


Compartilhe


Deixe seu comentário